Asia

Africa

Soundslides

Events

Espaço Mulher

Espaço Mulher




Em 1994 o Brasil sofreu e regozijou nos dois extremos dessas emoções. 

A primeira manifestação emocional ocorreu devido a morte do eterno campeão Ayrton Senna; e a segunda com a conquista do tetra na Copa do Mundo, mundial obtido nos pênaltis.

Falemos de futebol, em razão de que, falar do Senna é muito doloroso para este que vos escreve.
Em campo se destacaram pela seleção do Brasil, o atacante Romário e o goleiro Taffarel, respectivamente, um fazendo gols, e o outro, evitando-os. Inclusive defendendo penalidade máxima em momento crucial.

Vamos fazer um exercício de realidade alternativa, o que aconteceria se o técnico, na época
Carlos Alberto Parreira, escalasse o Romário no gol e o Taffarel no ataque? No mínimo, o time levaria muito gols e faria poucos, ou nenhum. 
Contrariando assim a função primordial de ser para um time de futebol, pois a vitória só é alcançada fazendo um número maior de gols a favor, do que a quantidade de gols sofridos. Esta que é uma condição 'sine qua non' para que um clube futebolístico seja campeão.

Assim como a derrota dentro de campo, decorrida pelo mal posicionamento de alguns atletas, é o que poderá acontecer conosco quando nós não assumimos nossos papéis em sociedade, na família, no ambiente profissional, na igreja, enfim, em todo e qualquer meio que interagimos com o próximo, devemos ser nós mesmo sem comparações e sem pseudo-empatias manipulatórias.
"Feminismo é o mesmo que satanismo de sutiã!"
Irineu Siqueira Neto
O nosso mundo, assolado pelo politicamente correto, vive agora um momento de inversão de valores, e de papéis, sem igual na história humana.
O que sempre foi corretamente pétreo, agora é passível de diálogo, muitas vezes para se chegar a uma anulação total do foi outrora sempre foi.

O casamento por exemplo, essa instituição divina, a configuração macho-fêmea está, no mínimo, desatualizada, segundo os novos padrões progressistas. Os esquerdopatas passarem as ultimas duas décadas, pavoneando aos quatro cantos, que o casamento era uma instituição falida, só que agora vivem defendendo o casamento gay, coerência não é uma características da Esquerda. No entanto, isso é uma vergonha! É pecado! 

Só por haver dentre um povo o debate acerca de algo que significa literalmente o fim de sua raça já é desonroso em si mesmo! Isso não deveria nem se nomear em uma sociedade racional.
Falando em honra, alguém ainda se lembra o que é? E ter "palavra de honra" ainda vale?

Entenda quando eu digo que é o fim da humanidade, a expectativa de vida humana é de 67 anos em média para ambos os sexos, portanto, se todos os humanos se tornarem homossexuais hoje, em 2016, então teremos a extinção da nossa raça em 2083! 
2016 mais 67 anos de vida da próxima geração... fim 2083!

Ou homossexual se reproduz??

E toda essa militância gay e movimento feminista, começaram lá nos idos de 1968 com a queima do sutiã, ali se iniciou a revolução sexual, com um mote até louvável por igualdade social entre os dois sexos, mas na verdade as mulheres que encabeçavam o movimento só queriam ter relações sexuais de forma libertina e sem compromisso, com uma promessa de prazer sem responsabilidade e com quem bem entender sem dever satisfação a ninguém, é claro que a massa feminina comprou a idéia!

Quando se ataca um dos pilares da família que é a mulher, pois a Bíblia afirma: 
"Toda mulher sábia edifica a sua casa; mas a tola a derruba com as próprias mãos."Provérbios 14:1 , tem se então a partir daí o ruir do reduto de organização, cuidado, equilíbrio e amor dentro da família. 

E isso devido ás esposas donas-de-casa, que após a queima de sutiãs, perderam o referencial de moral e bons costumes ficando sem saber como administrar uma casa e nem mais ser submissa ao marido, pois o que se assiste na televisão é que a mulher deve ser emancipada, ainda que isso signifique solidão e infelicidade. 
Você já viu feminista velha, feliz e acompanhada? É igual saci, uma lenda.

A vista disso, chego no ponto que servirá a ilustração 'Romário x Taffarel' para que você compreenda meu pensamento.

Quando a mulher assume o papel do homem e o homem o papel da mulher, a família fica em risco. 
Como instituição de DEUS para o casal se desenvolver e se multiplicar, o casamento, perde o sentido, e cria-se uma geração de ex-cônjuges como nunca antes vista na caminhada humana. Tudo decorrida dessa nefasta ideologia de gênero, onde o homem não é mais homem e a mulher ninguém sabe o que é, o ser humano passa a ser um construto social imposto pela realidade que o cerca. Essa ideologia atenta contra a própria biologia!
"Eu não sou machista, o que sou absolutamente é contra o feminismo!"
Irineu Siqueira Neto
Com o casamento tradicional deteriorado e combalido pela perca da vergonha das pessoas, afinal tudo é relativo, o que é vergonhoso para mim, é um  ato 'de guerreira' para o outro.

Hoje o politicante correto transformou todo o conceito moral, que deve ser absoluto(!) em relativo, produzindo assim um cenário perfeito para uma proposta grotesca de "novas formas de família", como as de pessoas do mesmo sexo contraindo matrimonio, e a mídia satânica, passando uma imagem de felicidade e perfeição dessas novas famílias, que induz o inconsciente coletivo a aceitar tal proposta, afinal, como estava não deu certo mesmo, ou nunca dará certo...!

Aqui eu começo a tornar claro o título desse artigo, eu não sou a favor de nenhum extremo, nem machismo e nem feminismo, assim como o arroz gostoso é o temperado, ou seja, nem o sem sal, tampouco o salgado!


 

A Bíblia define bem os papeis de cada um homem e mulher, no lar e por extensão na sociedade:

"Sujeitando-vos uns aos outros no temor de Deus.
Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor;
Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo.
De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seus maridos.
Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela,
Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra,
Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível." 
 Efésios 5:21-27

Contrariando o senso comum, este texto pega pesado com os homens, e não com as mulheres, em alguns casos as esposas protestam por se submeter ao seu marido, mas é mais fácil ser submissa do que amar. E o amor que defende a passagem de Efésios, é um amor sublime, sem igual Ágape, eu diria. Em razão de que, aqui a Sagrada Escritura manda o marido amar a esposa ao ponto dele morrer por ela!!! Viu?

Amar é o mais sublime dos sentimentos, e a mulher é a mais pura forma de expressão de amor, em razão de já possuir uma atitude mental caracterizada por afeição. 
Com o homem é diferente, ele se sente amado quando é respeitado e a mulher se sente respeitada quando é amada, sob este perspectiva fica bem fácil entender Efésios 5 do 21 ao 27. 
Eu acredito que se um casal praticar Efésios 5, com certeza já é 90% de chance de sucesso no casamento! 
E mais, levando em conta a Onisciência de DEUS, Ele sabedor destes tempos confusos em que viveríamos, da inversão atroz dos papeis entre homens e mulheres, deixou de forma claramente manifesta em Sua Palavra, o modo como deve ser um casamento Cristão.

Uma das maiores contradições que eu já presenciei são irmãs evangélicas se confessarem como feministas. Isto não existe! Ou você é feminista ou Crente, se decida!

Um dos sub-produtos mais peçonhentos para a sociedade, oriundo do politicamente correto, é a incapacidade de definir o que é certo ou errado que se instalou na percepção do povo. As pessoas estão envoltas em confusão e não mais conseguem discernir valores morais absolutos. 
Uma mulher chata, agora é uma mulher de opinião; um homem chorão, passou a ser sensível(quem se lembra do metrossexual?); uma mulher fácil, é vista como emancipada; um gay, virou homem moderno; um vagabundo, é considerado desprendido de bens materiais. Não para por aí, as pessoas são condicionadas a pensarem que melhoraram o  mundo por andarem de bicicleta.

O gayzismo e o feminismo forneceram seres disfuncionais e caóticos, que não sabem mais o que o outro espera dele dentro de um matrimônio. 
E agora nós temos uma grande problema, e quando essas mulheres emancipadas se casam? 

Um fato claramente ilustrado em nossa sociedade, é que existe cada megera nessa vida que chega a dar pena da situação de certos homens por aí, uma vez que, essas mulheres vivem buscando no marido um modelo, um super-homem, idealizado por uma mídia que quer o fim do casamento e não a sua manutenção. 

Veja um exemplo dessa inversão de papeis, vinda da Turma da Mônica, aquela mesma que promove o espiritismo, confira:

Cena 'pândega' do gibi da Monica, inversão de valores desde de sempre

Ao mesmo tempo que uma feminista casada deseja ter um homem viril dentro de casa, também não aceita que este seja o macho alfa do lar, assumindo ela um pseudo controle doméstico que cairá por terra ao primeiro sinal de um vidro de azeitona que precise ser aberto. 

O homem entra em um turbilhão de elementos díspares para com a sua psiquê de macho, assim por medo de criticas de torna recluso, se contendo a todo momento. Em alguns casos extremos, se efeminando.

Muitas dessas mulheres tiveram seus conceitos formatados pela mídia illuminati, que almeja o fim do casamento, essa é uma causa principal de tanta desordem matrimonial, a ovelha se aconselhando, ou sendo instruída, pelo lobo.

Sobre este assunto de mulheres que se tornaram briguentas, a Bíblia já afirma varias vezes:

"É melhor morar numa terra deserta do que com a mulher rixosa e irritadiça."
Provérbios 21:19

"O gotejar contínuo em dia de grande chuva, e a mulher contenciosa, uma e outra são semelhantes;" 
Provérbios 27:15

"É melhor morar num canto de telhado do que ter como companheira em casa ampla uma mulher briguenta." 
Provérbios 21:9

"Melhor é morar só num canto de telhado do que com a mulher briguenta numa casa ampla."
Provérbios 25:24

"O filho insensato é uma desgraça para o pai, e um gotejar contínuo as contendas da mulher." 
Neste momento, você pode está protestando, 'mais na época que a Bíblia foi escrita não existia a mídia!'. Concordo, no entanto lembre-se, a Bíblia é atemporal, e satanás já existia.

Quando a mulher não procura prezar pelo bom ambiente em casa, manter o respeito para com o marido, e assume uma postura de buscar no companheiro somente defeitos, o casamento se transforma num enorme catálogo de defeitos do outro que sempre serão acessados e jogados na cara no momento mais (in)conveniente, e os momentos de paz e harmonia nesse lar serão cada dia mais escassos. 

E toda essa falta de paciência com os defeitos do marido foram realçados em forma de piadas que teriam alguma graça se não carregassem em si uma programação destrutiva para o casamento. Quando o amor é superficial os defeitos são profundos, afirmou o poeta.

A atual conjectura econômica mundial obrigou a mulher a sair de casa para auxiliar o marido no sustento da família, concordo, porém, quais foram os criadores dessa economia moedora de lares? 
São as mesmas empresas e donos de bancos que possuem em suas logomarcas simbologia satânica, portanto, podemos deduzir que quem estabeleceu esse comportamento monetário internacional foi ninguém menos que satanás através de seus comparsas os Illuminatis. 

Com toda essa carga de mensagens subliminares, discursos esquerdistas, promoção do pecado, e JESUS CRISTO sendo deixado de lado, até mesmo em algumas Igrejas, somente voltando ao primeiro amor, nós como Cristãos tomarmos a consciência de nosso papel funcional e fundamental que DEUS estabeleceu!

O homem precisa amar de fato a mulher como sexo frágil; à mulher cabe voltar a se comportar como o sexo frágil; e todos nós assumindo de fato nossos reais e respectivos papeis que DEUS definiu lá na gênese do mundo, assim poderemos mudar essa paisagem desoladora e sem luz no fim do túnel que esta se transformando as relações humanas, e os casamentos em competições inglórias e ausente de vencedores. 

Irineu Siqueira Neto

Por Redação RadioJovem

Tem circulado na Internet um banner dizendo que a atual epidemia do Zika Vírus e, principalmente, o fato de estarem ligando esse vírus a casos de crianças que estão nascendo com microcefalia, é o cumprimento do que Jesus afirmou nos textos de Lucas 21:23 e Lucas 23:29. O que você acha isso, será que realmente são profecias de Jesus sendo cumpridas?
Cara leitora, eu também vi esse banner e recebi muitos questionamentos sobre isso no WhatsApp e resolvi esclarecer esses dois textos para que tenhamos certezas sobre os fatos. Vamos, então, a resposta.

O Zika Vírus é o cumprimento das profecias de Jesus?

(1) O primeiro texto citado é Lucas 21:23. Vejamos: “Ai das que estiverem grávidas e das que amamentarem naqueles dias! Porque haverá grande aflição na terra e ira contra este povo” (Lucas 21:23). A chave para entender esse texto é identificar quais são “naqueles dias” citados por Jesus. Avaliando o contexto, observamos que esses dias aos quais Jesus faz referência é a destruição de Jerusalém: “Quando, porém, virdes Jerusalém sitiada de exércitos, sabei que está próxima a sua devastação. Então, os que estiverem na Judeia, fujam para os montes; os que se encontrarem dentro da cidade, retirem-se; e os que estiverem nos campos, não entrem nela. Porque estes dias são de vingança, para se cumprir tudo o que está escrito. (Lucas 21:20-22). Jesus se refere a futura destruição de Jerusalém e não aos nossos tempos. Esse sofrimento dos moradores de Jerusalém, sabemos, aconteceu em 70 d.C, quando Jerusalém foi sitiada pelos romanos comandados pelo General Tito. Portanto, Jesus não está falando do que está acontecendo em nossos dias, mas sim em dias muito próximos aos que Ele vivia.
(2) O outro texto a ser analisado é Lucas 23:29: “Porque dias virão em que se dirá: Bem-aventuradas as estéreis, que não geraram, nem amamentaram”. Novamente a chave para entender esse texto é identificarmos que “dias” são esses que virão. Será que Jesus está falando de nossos dias, onde temos um vírus causando, possivelmente, microcefalia nos bebês e deixando as grávidas em grande tensão? Novamente a resposta é não. Jesus está se dirigindo ao seu próprio povo. Aquelas mulheres que ali estavam lamentando a condenação injustiça de Jesus passariam por coisas piores por causa da injustiça reinante na terra: “Porém Jesus, voltando-se para elas, disse: Filhas de Jerusalém, não choreis por mim; chorai, antes, por vós mesmas e por vossos filhos!” (Lucas 23:27). Aqui fica claro que a profecia de Jesus era algo para aquele povo e para aquelas gerações próximas. Novamente a referência de Jesus é claramente à destruição de Jerusalém que aconteceu em 70 d.C. e que trouxe grande ansiedade aos judeus, devido à violência empregada pelos romanos, que destruíram o templo sagrado dos judeus, bem como deixaram a cidade de Jerusalém em ruínas. Nesses dias, muitas mães perderam filhos e tiveram de abandonar seus bebês para sobreviver, ou mesmo, morreram junto a eles, tamanha a violência empregada. As estéreis foram tidas como mais felizes, por não terem passado por tamanha dor.
(3) Dessa forma, observamos que esses dois textos não são profecias de Jesus quando aos acontecimentos de hoje em dia relacionados ao surgimento do Zika Vírus. Mas temos outros textos escatológicos de Jesus que explicam um pouco do que tem acontecido em nossos dias, principalmente relacionados à violência e a outros acontecimentos como, por exemplo, este: “E, certamente, ouvireis falar de guerras e rumores de guerras; vede, não vos assusteis, porque é necessário assim acontecer, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, reino contra reino, e haverá fomes e terremotos em vários lugares” (Mateus 24:6).
Compartilhe com outros irmãos: - www.radiomaisjovem.com.br

Por Redação RadioJovem


Uma mulher virtuosa não anuncia seus atos bons nem faz propaganda de si mesma. "Enganosa é a graça, e vã, a formosura, mas a mulher que teme ao SENHOR, essa será louvada." Provérbios 31:30 Mas o que realmente tem essa mulher? E quem ela é? O que ela carrega em si de tão especial para ser objeto de oração e interesse há tantos anos? Ela é aquela mulher que possui virtudes e as coloca em prática na sua vida, principalmente a serviço de Deus. Sem esperar algum reconhecimento, pois, sabe que está fazendo a vontade de Deus e não a vontade dela. Quando essa mulher faz algo com sinceridade de coração, isso provoca um fortalecimento interior muito grande e faz com que sua comunhão com Deus amadureça mais e mais, percebendo que sua fidelidade não pode e nem deve ser movida por reconhecimentos externos. Sua maior virtude será provada e construída internamente, porque a fidelidade real é ser discreta e silenciosa. Ainda que ninguém a perceba, pois a invisibilidade é o melhor perfume para a imagem de uma verdadeira mulher virtuosa. Sendo assim, no caminho de conquista das grandes virtudes para a nossa alma teimosa e desobediente, o esforço tem um papel imprescindível: O de disciplinar a nossa alma! Ensiná-la a olhar sempre para o sentido final, em cada detalhe do caminho, sem perder de vista o grande sentido da vida: amar a Deus sobre todas as coisas! É bom sempre lembrar que quem vive seu caminho reclamando precisa começar de novo, pois, provavelmente, está fazendo tudo errado. O caminho de esforço, com um sentido nobre de amor, provoca gratidão e não murmuração. E agradecer é um exercício de virtude! No entanto, para muitas outras o centro de suas vidas é falar da vida dos outros, reclamar do marido, do trabalho, reclamar e reclamar. Também a Bíblia nos ensina que não há nada mais desagradável do que ser obrigado a conviver com uma mulher que murmura e destila insatisfação. Eis o desafio: lutar para que sejamos mulheres admiráveis por nossas virtudes secretas. Que o centro da nossa vida seja mesmo o nosso amor a Deus. Amar é tomar uma decisão estável, madura e exigente, e isso implica esforço. Fonte: Internet

Por Redação


"E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos se esfriará. Mas aquele que perseverar até ao fim será salvo." Mateus 24:12-13. Desde o começo a Bíblia relata atos de crueldade, mas nunca houve um tempo como o que estamos vivendo agora!!! Uma época onde as atrocidades se revelam com requintes de maldade como nunca antes visto. Guerras, atentados, sequestros, assassinatos, filhos matando seus pais, pais matando seus filhos, lares destruídos, busca a qualquer preço por dinheiro e poder. Uma época que representa bem o que Jesus se referiu no versículo acima. O mundo cria ao nosso redor uma estrutura funcional tão intensa, que acabamos por ignorar aquilo que é realmente importante, em prol de uma busca por satisfação pessoal e crescimento financeiro. As nossas mensagens que deveriam vir simplesmente repletas de amor, tanto pelo Senhor Deus como pelas pessoas, estão carregadas de uma prosperidade terrena, mundana e carnal; onde aquilo que você pode conquistar, é muito mais importante do que aquilo que Cristo já conquistou por todos nós. Apesar disso, ainda podemos ser condutores do verdadeiro amor, se abastecermos constantemente nossos corações de uma vida genuína com Deus. Se buscarem a Deus verdadeiramente, confiar mais em Deus, e não nos homens, lembre-se que somente Deus é amor! Somente Deus é capaz de destruir a maldade. Somente Deus transforma o coração do homem. Assim, a Palavra não é de derrota, mas sim de vitória: POIS AQUELE QUE PERSEVERAR ATÉ O FIM, SERÁ SALVO. Fonte: Internet

Por Redação


Câmara dos Deputados
Redação Tambaú 247 - A deputada Tia Eron (PRB-BA), relatora na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), apresentou parecer pela constitucionalidade e juridicidade da proposta - Projeto de Lei (PL)123/07, do deputado Neilton Mulim (PR-RJ) - bem como das emendas apresentadas do Senado Federal. O texto original foi aprovado pela Câmara em abril de 2009.
O Senado, entretanto, trocou a expressão "cirurgia plástica reparadora a mulheres vítimas de violência", prevista no texto original, por "cirurgia plástica reparadora de sequelas de lesões causadas por atos de violência contra a mulher".
Outra emenda do Senado corrige erros de redação, substituindo a palavra "edição" por "publicação", uma vez que as leis são publicadas e não editadas.
O Senado também acrescentou a possibilidade de os gestores serem punidos, caso deixem de cumprir com a obrigação de informar as mulheres vitimadas por violência sobre seus direitos.
Da Câmara dos Deputados

Por Redação

Cirurgia íntima pode ser perigosa e ocasionar perda de sensibilidade


LIFESTYLE VAGINA
Segundo médicos especialistas, não existe um padrão de tamanho, cor ou proporção da região genital. O que existe é um padrão estético imposto pela sociedade, o que fez com que milhares de mulheres passassem a pensar que tem vaginas fora do padrão, quando na verdade elas são absolutamente normais". De acordo com o site Minha Vida, deve-se salientar que, na grande maioria dos casos, a estética da região íntima não tem nenhuma relação com o prazer, a higiene ou dificuldades durante a relação sexual.
Dentre os conselhos dados pelo ginecologista e obstetra Fábio Lagrinha, está o cuidado com a depilação. "Aparar e tirar excessos, mantendo uma faixa em volta dos grandes lábios seria o ideal", pondera. Como lâminas e cera quente podem gerar microlesões, a depilação a laser é uma boa alternativa.
Outro cuidado que se deve ter com a vagina é o uso exagerado de sabonetes,perfumes, lencinhos, absorventes e cremes, usados para estimular um "excesso de higiene", o que pode acarretar na perda da proteção natural da pele e contribuir para o aparecimento de infecções e alergias. Segundo o especialista, desde que a vagina esteja saudável, as secreções produzidas são importantes para mantê-la bem e não são sinônimos de sujeira.
No caso das cirurgias íntimas, o especialistas explica que "principalmente a parte superior que recobre o clitóris, apresenta maior sensibilidade e contribui para o prazer durante a relação. Muitas cirurgias estéticas são apenas amputações grosseiras e podem diminuir a sensibilidade local", revela.

Por Redação
Suco que ajuda a relaxar faz com que você evite ATACAR comida no almoço
Apostar em sucos como lanches entre as refeições pode ser uma boa maneira de garantir saciedade, minimizar a fome e evitar exageros que atrapalham a dieta. Além de deixar o corpo satisfeito, um suco relaxante ainda ajuda a evitar a ansiedade, fazendo com que você coma menos no almoço.
Se, para você, suco relaxante é sinônimo apenas de uma bebida composta com maracujá, saiba que pode variar no sabor investindo na combinação de melancia com capim santo. Para preparar o suco, basta bater no liquidificador 1 fatia de melancia (cerca de 150g) e 3 folhas de capim santo com meio copo de água. Passe pelo coador, acrescente gelo se desejar e pronto.
Além do capim santo, que é conhecido por suas propriedades calmantes e por amenizar sintomas de ansiedade e insônia, a melancia também ajuda no controle da compulsão alimentar.
Composta por 92% de água, a melancia é rica em vitamina C, betacaroteno, cálcio, ferro, potássio, entre outros minerais. A fruta ainda ajuda a emagrecer por ser boa fonte de fibras, que regula o intestino e promove saciedade, e conta com apenas 71 calorias por porção.
Aprenda a preparar um suco que ajuda a exterminar a celulite:


Por Redação

galery