Asia

Africa

Soundslides

Events

Espaço Mulher

Sermoes e Esbocos



"Eu tenho uma amiga que é espírita kardecista. Estávamos conversando a respeito da reencarnação, e eu disse a ela que não era bíblico, mas ela me disse algo que me deixou sem resposta: ela me disse que reencarnação e ressurreição são a mesma coisa. Inclusive, que os judeus da época em que a Bíblia foi escrita acreditavam na reencarnação. Não soube contestá-la biblicamente. Pode me ajudar a entender essas duas palavras e se existe diferença entre elas biblicamente?"


Cara leitora, realmente muitos confundem essa questão, e o espiritismo kardecista usa inclusive em suas obras essa citação de que ressurreição e reencarnação são a mesma coisa e
, por esse fato, segundo eles, a reencarnação seria bíblica. Mas será que é isso mesmo? Vamos analisar à luz da Bíblia se são a mesma coisa para entendermos com mais profundidade.

Reencarnação e Ressurreição são a mesma coisa?

(1) Primeiramente, vamos analisar o significado de cada uma das palavras:

Reencarnação: É a volta à vida “física” de alguém que já morreu. Essa pessoa volta à vida em outro corpo, totalmente diferente do anterior. A pessoa pode reencarnar diversas vezes segundo critérios do mundo espiritual e baseado na forma com que ela se comportou em vida.

Ressurreição: Tem dois significados na bíblia.
Primeiro, quando um morto volta a vida (no mesmo corpo). Exemplo: Lázaro, que foi ressuscitado por Jesus (João 11:43). 
Segundo, quando todos os que estiverem mortos, sem exceção, serão ressuscitados por ocasião da segunda vinda de Jesus Cristo (1 Tessalonicenses 4:13-18).

(2) Feitas as explicações sobre as duas palavras, creio que fica evidente que não são a mesma coisa. 

Vamos pontuar algumas das principais diferenças: Na reencarnação a pessoa volta à vida várias vezes e em corpos diferentes. Na ressurreição, os que estiverem mortos, voltarão à vida apenas uma vez (no mesmo corpo) e isso acontecerá quando Jesus Cristo voltar segunda vez. 

Na reencarnação a pessoa volta à vida em um novo corpo mortal (o que contraria Hebreus 9:27). Na ressurreição os mortos voltam à vida num corpo glorificado e imortal: 

“num momento, num abrir e fechar de olhos, ao ressoar da última trombeta. A trombeta soará, os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. Porque é necessário que este corpo corruptível se revista da incorruptibilidade, e que o corpo mortal se revista da imortalidade” (1 Coríntios 15:52-53). 

Na reencarnação a pessoa volta sempre em um estado imperfeito, mortal. Na ressurreição a pessoa volta à vida num estado perfeito e final, quando receberá o julgamento de Deus por ocasião do juízo final.

(3) Dessa forma, a Bíblia é bastante clara e rejeita o conceito da reencarnação. 

Ela é inconsistente e contrário a dezenas de textos bíblicos sobre o assunto, entrando em atrito de forma muito grande com o conceito bíblico da ressurreição. 

O que nos faz rejeitar veementemente o ensino da reencarnação, pois não é bíblico. Inclusive, o próprio Jesus usou fortemente o termo ressurreição quando falou de sua autoridade. Não usou o termo reencarnação, vejamos: 

“Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá” (João 11:25)

Phonte: Esboçando Ideias

Por Redação RadioJovem

Deus é o todo-poderoso, isso significa que Ele tem poder para fazer tudo, porém poder fazer e querer fazer é outra coisa, e no caso de Deus existem algumas condições da Sua personalidade que o impedem de fazer certas coisas. Vejamos o que Deus nunca fará.

Deus não pode negar a si mesmo.
Se somos infiéis, ele permanece fiel; porque não pode negar-se a si mesmo. II Timóteo 2:13
A questão de negar a si mesmo, é uma questão de personalidade, até nós humanos, também temos isso; imagine uma pessoa honesta tendo que enganar, isso é inadmissível para essa pessoa, a consciência lhe pesa nas ações erradas. Semelhantemente com Deus. Deus é bom, assim Ele nunca se portará com maldade, nem pode ser forçado a isso. Essas características regem a personalidade de Deus, amor, bondade, sabedoria, justiça, verdade, etc.
Deus não pode mentir.
Nas tuas mãos entrego o meu espírito; tu me remiste, ó Senhor, Deus da verdade. Salmo 31:5
Deus é a própria verdade, desta forma não se acha a mentira com Deus, tudo que Ele fala se cumpre cabalmente.
Deus vela pela sua Palavra para a cumprir (Jeremias 1:12), desta forma tudo que Deus fala tem de vir a existência, tudo foi criado pela Palavra dEle; desta forma não tem a mínima condição de Deus mentir, mesmo que isso supostamente acontecesse, a mentida hipoteticamente dita por Deus passaria a ser verdade. Por esses motivos podemos crer que a Palavra de Deus se cumprirá integralmente, sempre.
Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, de modo nenhum passará da lei um só i ou um só til, até que tudo seja cumprido. Mateus 5:18

Deus não pode mudar
Pois eu, o Senhor, não mudo; por isso vós, ó filhos de Jacó, não sois consumidos. Malaquias 3:6
Deus é o mesmo sempre, Ele é perfeito, perfeição é algo completo, que não precisa de mais nada, nem sombra de variação. Sendo assim Deus é eternamente o mesmo.

Deus não pode ser tentado e não tenta a ninguém
Ninguém, sendo tentado, diga: Sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal e ele a ninguém tenta. Tiago 1:13
Essa é uma colocação lógica, Deus não incentiva ou tenta ninguém a fazer coisa errada, orem vemos no Velho Testamento algumas colocações como: Deus endureceu o coração de Faraó, Deus encheu o coração de Davi para numerar o povo, etc. Aceitar o fato de que Deus levou o homem a pecar, seria dizer que o homem não tem livre arbítrio, já que Deus a vontade de Deus é soberana em detrimento a vontade do homem, sendo assim até o pecado original (Adão no Éden), não seria culpa do homem, e sim um projeto de Deus cujos motivos não sabemos.
O que existe realmente é a permissão de Deus, liberação de Deus para o diabo agir ou ainda a não ação de deus com um propósito. Veja:
E o Senhor perguntou: Quem induzirá Acabe a subir, para que caia em Ramote-Gileade? E um respondia de um modo, e outro de outro.
Então saiu um espírito, apresentou-se diante do Senhor, e disse: Eu o induzirei. E o Senhor lhe perguntou: De que modo?
Respondeu ele: Eu sairei, e serei um espírito mentiroso na boca de todos os seus profetas. Ao que disse o Senhor: Tu o induzirás, e prevalecerás; sai, e faze assim.
Agora, pois, eis que o Senhor pôs um espírito mentiroso na boca dentes da casa dele; sim, tornarei a tua casa como a casa de respeito de ti. I Reis 22: 20 -23

Perceba que Deus não mente, Deus é a verdade (João 14:6), sendo assim vemos neste trecho da Bíblia acima uma clara permissão de Deus para o diabo agir, o diabo é quem mente, o pai da mentira (João 8:44). E partindo desta premissa vemos Deus usando tudo para o bem, mesmo as ações dos inimigos: Deus sabia que Faraó não se converteria à mensagem de Moisés, Deus deixou o diabo agir no coração de Davi e até o anjo da morte dos primogênitos no Egito (ultima das 10 pragas) segundo alguns teólogos, era o próprio diabo.
A verdade é tudo tem der ter a permissão de Deus, até para o mal acontecer, uma morte ou doença, tem de ser permitido por Deus, Ele é Soberano, mas em suma o mal não é feito por Deus, porém é permitido, até uma doença que temos não veio de Deus porém foi permitida por Ele.

Deus não fará nada sem antes anunciar.
Certamente o Senhor Deus não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas. Amós 3:7
Uma das características marcantes de Deus é ser o Deus que se revela, sem revelação nunca saberemos a vontade dEle. Consoante a isso todas as obras e vontades de Deus são anunciadas de forma antecedente.
Lembrai-vos das coisas passadas desde a antigüidade; que eu sou Deus, e não há outro; eu sou Deus, e não há outro semelhante a mim; que anuncio o fim desde o princípio, e desde a antigüidade as coisas que ainda não sucederam; que digo: O meu conselho subsistirá, e farei toda a minha vontade. Isaias 46: 9-10
Deus por soberania não dá a sua glória a ninguém (Isaías 42:8), sendo assim Ele anuncia as suas ações antes mesmo de fazer, para que não haja engano sobre quem fez. Seguindo este podemos ter certeza que se Deus anunciar alguma coisa a alguém e essa pessoa não tiver certeza do que Deus falou, provavelmente não foi Deus quem falou, pois Ele é muito claro e o maior interessado em ser entendido, pois é o próprio Deus quem será glorificado. Não existe na Bíblia nenhum fato que Deus se manifestou e não foi bem entendido, nem Suas ações foram incompletas.

Deus não fará o que o homem deve fazer
Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não te atemorizes, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus está contigo, por onde quer que andares. Josué 1:9
Certas ações Deus exige que o homem faça, veja no exemplo de Josué, Deus mandou a ele se esforçar, também anteriormente tinha ordenado ao povo para marchar, e tantas outras coisas que Deus requer de nós: ânimo, esforço, coragem, fidelidade, etc. Não podemos querer que Deus faça tudo, se não Ele seria o servo e não o Senhor como É. Cabe a Deus fazer o que Ele quiser, impossível ou não, e cabe a nós sermos fieis e obedecermos. É como a pedra que Jesus mandou tirar do tumulo de Lazaro (João 11:39), Deus pode tudo, mas Ele quer ver em nós algo agindo de nosso íntimo.

Deus não rejeita quem se arrepende
O sacrifício aceitável a Deus é o espírito quebrantado; ao coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus. Salmo 51:17
Deus é amor, esta é a sua característica principal, desta forma é impossível a Deus recusar alguém que se arrepende verdadeiramente, existem vários exemplos disso na Bíblia, exemplo disso esta relatado no resumo da historia de Israel nos Salmos 78, 81 e em Atos 7, nestes textos podemos ver o amor de Deus renovando-se sempre, apesar da rebeldia humana. Jesus reitera esta posição divina quando diz que de maneira nenhuma lançara alguém que o busque fora.
Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora. João 6:37
Assim podemos confiar no amor de Deus para nos perdoar e receber, como o filho pródigo da parábola.

Conclusão
Ninguém jamais viu a Deus; e nos amamos uns aos outros, Deus permanece em nós, e o seu amor é em nós aperfeiçoado. I João 4:12
Existe uma teologia, bastante complexa por sinal, que diz que nós não podemos afirmar nada do que Deus é, que pela nossa infinita insignificância, podemos só dizer o que Deus não é, exemplo disso seria que nos não podemos afirmar que Deus é bom, só poderíamos afirmar que Deus não é mau. Mas, teologia aparte, sabermos o que Deus não faz já é um bom começo para conhecermos a Ele, ou identificarmos as ações falsamente elaborada pelos inimigos de Deus.
Por Redação RadioJovem












E ela disse: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno; vai-te, e não peques mais. João 8:11
Jesus realmente quis dizer o que Ele disse? Por que ele diria isso se fosse impossível parar de pecar?
Muitas explicações diferentes são encontradas, seja por comentaristas, teólogos, em graus variados de discrepância. Alguns dizem que Jesus quis dizer isso da mesma maneira que um pai dirá a seus filhos para parar de morder as unhas – esperando que ele pare, mas, de maneira realista, sabendo que ele irá continuar.
Quase ninguém se atreveu a olhar para o verso desta maneira: e se Jesus quisesse dizer o que Ele disse?

O que significa “não pecar mais?”

E se “ir e não pecar mais” é realmente um comando para sair e parar de viver no pecado? Isso é impossível? O que Jesus quis dizer? Afinal, João escreve que somos mentirosos se dissermos que não temos pecado. (1 João 1:8).
Os versículos de Tiago dão uma boa descrição desse pecado que todos nós temos:
Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por esta arrastado e seduzido. Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter-se consumado, gera a morte. Tiago 1:14-15.
O pecado está dentro de todos nós. São nossos próprios desejos que nos atraem e tentam. Isso também é o que João está dizendo quando escreve que temos pecado. Mas ter pecado em nosso corpo não significa que devemos ceder a essas tentações.
É somente quando o desejo é concebido que cometemos pecado. Em outras palavras, é somente quando concordo com os pensamentos e tentações que surgiram que eu pequei.
Então, quando Jesus diz: “Vá e não peque mais”, Ele não espera que esta mulher deixe sua carne pecaminosa e nunca mais seja tentada novamente. Ele está dizendo a ela para dizer não ao pecado que habita nela e impedir o desejo de ser concebido; interrompa a tentação de se tornar pecado.
E este não é o mesmo comando que Ele nos dá ao resto de nós?

O Poder da Cruz

Jesus dizia a todos: “Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome diariamente a sua cruz e siga-me. Lucas 9:23.
O que Ele quis dizer é que devemos negar esses pensamentos e desejos que tentam e nos atraem. Para que possamos pegar nossa cruz e matar esses pensamentos antes de se tornarem pecado. Desta forma, seguimos o exemplo de Jesus de ser tentado como somos, porém ainda sem pecado. (Hebreus 4:15).
Tomando nossa cruz – essa é a chave. Se fizermos isso – se nunca permitirmos que esses desejos se tornem pecado – então estamos seguindo Jesus, assim como Ele ordenou. Então estamos cumprindo o comando de “ir e não pecar mais”.
Pois se vocês viverem de acordo com a carne, morrerão; mas, se pelo Espírito fizerem morrer os atos do corpo, viverão, Romanos 8:13
Assim, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena de vocês: imoralidade sexual, impureza, paixão, desejos maus e a ganância, que é idolatria. Colossenses 3:5
Os que pertencem a Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e os seus desejos. Gálatas 5:24

Então é possível?

Quando você tenta viver essa vida de superação do pecado, você descobrirá rapidamente que é mais fácil dizer do que fazer. Apesar das nossas boas intenções, caímos e caímos e caímos novamente.
A chave é andar no Espírito. E andar no Espírito significa ser obediente ao Espírito. Se fizermos isso, então é escrito com bastante clareza o que acontecerá. Não cumpriremos a concupiscência da carne. E se não cumprimos a concupiscência da carne – a tentação de pecar – então não pecamos!
É fácil encontrar uma série de razões por que é impossível “ir e não pecar mais”. Você pode pensar que Jesus estava falando especificamente para a mulher em questão, e especificamente sobre adultério.
Você pode dizer que Ele disse isso apenas para ensinar aos fariseus uma lição e nem sequer significou o que Ele disse. Você pode dizer que Ele quis dizer isso como uma exortação para tentar o nosso mais difícil até que inevitavelmente caíssemos.
Mas o fato é que Jesus não disse nenhuma dessas coisas.
O que ele disse foi: “Vá e não peque mais”. E eu, por um lado, estou convencido de que Jesus quis dizer o que Ele disse. Imagine por um segundo que Jesus sabia exatamente como as coisas iriam acontecer.
Imagine que ele sabia que Suas palavras seriam registradas, compartilhadas e pregadas entre os cristãos por 2000 anos após o fato.
Imagine que ele escolheu dizer: “Vá e não peque mais”, porque Sua intenção era que devêssemos ir e não pecar mais.
Não uma vez. Não é uma única vez. E ele não quis dizer apenas para essa mulher, apenas nesta situação, mas todos nós.
Bíblia é a Palavra de Deus, escrita por homens temerosos de Deus inspirados por Deus. Não há nada lá que não deveria estar lá.
Fonte: ActiveChristianity.org
Por Redação RadioJovem

Pergunta: "O que a Bíblia quer dizer quando afirma: 'Diz o insensato no seu coração: "Não há Deus"'?"

Resultado de imagem para Diz o insensato no seu coração

Resposta: 
Tanto Salmo 14:1 quanto Salmo 53:1 afirmam: "Diz o insensato no seu coração: Não há Deus." Alguns tomam esses versículos para indicar que os ateus são estúpidos, ou seja, não possuem inteligência. No entanto, esse não é o significado da palavra hebraica traduzida como "insensato". 

Neste texto, a palavra hebraica é nabal, que se refere mais a um "tolo moral", ou seja, alguém sem moral. O significado do texto não é que "as pessoas que não sãoINTELIGENTES não acreditam em Deus." Pelo contrário, o significado do texto é que "pessoas imorais nãoacreditam em Deus."

Muitos ateus são muito inteligentes. Não é a inteligência, ou a sua falta, que leva uma pessoa a rejeitar a crença em Deus. É uma falta de moral que leva uma pessoa a rejeitar a crença em Deus. As pessoas não rejeitam a ideia da existência de um Ser Criador. Em vez disso, as pessoas rejeitam a ideia da existência de um ser criador que exige moralidade da Sua criação. 

A fim de limpar suas consciências e aliviar-se da culpa, as pessoas rejeitam a ideia de Deus como a única fonte da moralidade absoluta. Isso permite que os ateus vivam como quiserem - tão moralmente ou imoralmente como desejam- com nenhum sentimento de culpa por sua recusa em prestar contas a Deus.

Vários ateus proeminentes têm admitido isso. Um ateu famoso, quando perguntado o que espera realizar através do ateísmo, declarou que quer "beber álcool tanto e ter relações sexuais com tantas mulheres quanto possível." A crença em um Ser divino é acompanhado por um sentimento de responsabilidade e prestação de contas a esse Ser. 

Assim, para escapar da condenação da consciência, a qual foi em si criada por Deus, deve-se negar a existência de Deus a fim de negar a força moral da consciência.

Isso não quer dizer que todos os ateus são imorais. Muitos ateus vivem uma vida relativamente moral. O ponto principal do versículo "Diz o insensato no seu coração: Não há Deus" é que a falta de prova de Sua existência não é a verdadeira razão por que as pessoas rejeitam a fé em Deus. 

As pessoas rejeitam a fé em Deus devido a um desejo de viver livre das restrições morais que Ele exige e para escapar da culpa que acompanha a violação dessas restrições. 

"A ira de Deus se revela do céu contra toda impiedade e perversão dos homens que detêm a verdade pela injustiça; porquanto o que de Deus se pode conhecer é manifesto entre eles, porque Deus lhes manifestou. 

Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas. 

Tais homens são, por isso, indesculpáveis; porquanto, tendo conhecimento de Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças; antes, se tornaram nulos em seus próprios raciocínios, obscurecendo-se-lhes o coração insensato. Inculcando-se por sábios, tornaram-se loucos e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, bem como de aves, quadrúpedes e répteis. 

Por isso, Deus entregou tais homens à imundícia, pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu corpo entre si; pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém!" (Romanos 1:18-25).

Phonte: Got Questions

Por Redação RadioJovem


Resultado de imagem para bíblia mais antiga do mundo

Quando Hubert Mitchell compartilhou o evangelho com nativos na selva de Sumatra, em 1940, ele ficou preso na parte mais importante. Eles não tinham ideia do que era uma cruz, então ele cortou dois troncos e amarrou-os juntos. Estendeu-se sobre aquela cruz e descreveu como os soldados batiam os pregos nas mãos de Jesus.

Alguém disse: – O que é um prego?

Hubert estava perplexo. Não trouxera pregos com ele na selva. Havia uma abundância de espinhos grandes, mas um espinho não pode perfurar um membro do homem – e muito menos segurar o seu peso para que ele possa sofrer as torturas da crucificação.

A reunião foi interrompida para o almoço, e Hubert orou. Ele esvaziou uma lata de pêssegosem sua tigela e então caiu um prego!

Todos olharam e os homens que estavam com ele começaram a chorar. “Deus deve querer que essas pessoas saibam o quanto Jesus sofreu por elas”, disseram.

Por causa desse prego, quase toda a tribo veio para receber Cristo.

A Dificuldade em Compartilhar a História da Bíblia

Quando tentamos compartilhar o evangelho muitas vezes, é fácil perceber nos olhares das pessoas que não sabem o suficiente para entender o que Jesus fez por eles.

Muitas pessoas não acreditam no pecado ou no inferno. Eles duvidam da bondade de Deus ou pensam simplesmente que Ele não se importa. Eles acham que a verdade é relativa. Não vêem maior propósito ou plano para suas vidas. Mas a resposta está na história. Toda a história, a história de Deus como ela é contada na Bíblia.

Às vezes temos que dar um passo atrás e ter uma visão geral. Quando fazemos isso, uma das primeiras coisas que vemos é que a história não é aleatória. Ela está ancorada no início dos tempos, enquanto o fim é fixo na eternidade.

Deus está no controle. Tudo é criado bem e com propósito. Os braços de Deus se estendem de um lado para o outro, nos convidando através do ponto central, que é a Cruz. E assim como um prego simples fez o amor de Jesus ganhar vidas em 1940, a própria cruz pode ilustrar a história de hoje.

Veja como contar toda a história da Bíblia – usando a sigla CROSS, que significa cruz em inglês.

Criação

No princípio, Deus cria tudo em beleza, ordem e paz. Mas os primeiros seres humanos se rebelam e seu pecado leva ao sofrimento e à morte.

A solução prometida de Deus começa com seu chamado a Abraão para segui-lo em fé obediente. Deus lhe promete inúmeros descendentes, uma terra e um reino através do qual ele abençoará o mundo.

Redenção


Os descendentes de Abraão se mudam para o Egito e caem na escravidão. Através de Moisés, Deus envia pragas para o Egito e faz um caminho através do Mar Vermelho, trazendo o povo de Deus em segurança no deserto.


Uma Nação

Agora eles devem aprender a confiar no Deus que os salvou. Deus forma uma aliança com eles, tornando-os uma nação – sua nação. Deus “desce” e vive entre eles, com sua presença no Tabernáculo.

Israel conquista a Terra Prometida, mas eles não são fiéis à sua aliança com Deus. Começa um longo ciclo no qual eles pecam e se voltam para outros deuses, Deus permite que seus inimigos os derrotem, e então eles se arrependem.

Deus levanta juízes para salvá-los. Eventualmente, Israel pede um rei e Deus lhes dá Saul, e depois Davi. Deus promete a Davi que seu trono durará para sempre.

Separação

Depois de morrer o filho de Davi, Salomão, o reino se divide em dois. As pessoas continuam a gastar o seu amor em outros deuses e colocar sua confiança em outras nações.

Deus envia profetas para adverti-los e chamá-los de volta para Ele. Eles ignoram os avisos. Deus dá o reino do norte sobre aqueles que preferem sobre ele – e Israel é conquistado e dispersos. Mais tarde, Deus permite que Babilônia destrua Jerusalém e leve o povo do reino do sul para o exílio.

Alguns retornam, mas continuam sob domínio estrangeiro.

Salvação

Com o Novo Testamento vem um novo começo. Deus novamente começa com um casal – mas em vez de um homem e uma esposa, é uma mãe e seu filho, Maria, e Jesus, o Segundo Adão.

Jesus morre na cruz, pagando a penalidade pela aliança quebrada. Então ele se levanta do túmulo, derrotando a morte e o diabo. Deus envia o Espírito Santo para ajudar seu povo a se preparar para a nova criação que está para vir, quando a vitória de Deus será completa e a morte não será mais.

No final: A história de Deus é a nossa história! Mostre como Deus nos livra da tribulação; Nos guia quando estamos perdidos; Nos ensina quando não temos uma pista. Incentive-os a ler a história para saber que Deus pode ser confiável quando parece que o mal tem a vantagem. A guerra foi ganha; O fim é certo. A cruz era a porta para a salvação.

Por Redação RadioJovem
"Assim diz o Senhor que fez a terra, o Senhor que a formou e a firmou; seu nome é Senhor:
‘Clame a mim e eu responderei e lhe direi coisas grandiosas e insondáveis que você não conhece’.


"Jeremias ainda estava preso no pátio da guarda quando o Senhor lhe dirigiu a palavra pela segunda vez:

"Assim diz o Senhor que fez a terra, o Senhor que a formou e a firmou; seu nome é Senhor:
‘Clame a mim e eu responderei e lhe direi coisas grandiosas e insondáveis que você não conhece’.

Porque assim diz o Senhor, o Deus de Israel, a respeito das casas desta cidade e dos palácios reais de Judá, que foram derrubados para servirem de defesa contra as rampas de cerco e a espada,
na luta contra os babilônios: ‘Elas ficarão cheias de cadáveres dos homens que matarei no meu furor. Ocultarei desta cidade o meu rosto por causa de toda a sua maldade.

" ‘Todavia, trarei restauração e cura para ela; curarei o meu povo e lhe darei muita prosperidade e segurança.

Mudarei a sorte de Judá e de Israel e os reconstruirei como antigamente.

Eu os purificarei de todo o pecado que cometeram contra mim e perdoarei todos os seus pecados de rebelião contra mim.

Então Jerusalém será para mim uma fonte de alegria, de louvor e de glória, diante de todas as nações da terra que ouvirem acerca de todos os benefícios que faço por ela. Elas temerão e tremerão diante da paz e da prosperidade que eu lhe concedo’.

"Assim diz o Senhor: ‘Vocês dizem que este lugar está devastado, e ficará sem homens nem animais. 

Contudo, nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém, que estão devastadas, desabitadas, sem homens nem animais, mais uma vez se ouvirão as vozes de júbilo e de alegria, do noivo e da noiva, e as vozes daqueles que trazem ofertas de ação de graças para o templo do Senhor, dizendo: "Dêem graças ao Senhor dos Exércitos, pois ele é bom; o seu amor leal dura para sempre". Porque eu mudarei a sorte desta terra como antigamente’, declara o Senhor.

"Assim diz o Senhor dos Exércitos: ‘Neste lugar desolado, sem homens nem animais, haverá novamente pastagens onde os pastores farão descansar os seus rebanhos, em todas as suas cidades.

Tanto nas cidades dos montes, da Sefelá, do Neguebe e do território de Benjamim, como nos povoados ao redor de Jerusalém e nas cidades de Judá, novamente passarão ovelhas sob as mãos daquele que as conta’, diz o Senhor.

" ‘Dias virão’, declara o Senhor, ‘em que cumprirei a promessa que fiz à comunidade de Israel e à comunidade de Judá.

" ‘Naqueles dias e naquela época farei brotar um Renovo justo da linhagem de Davi; ele fará o que é justo e certo na terra.

Naqueles dias Judá será salva e Jerusalém viverá em segurança, e este é o nome pelo qual ela será chamada: O Senhor é a Nossa Justiça’.

"Porque assim diz o Senhor: ‘Davi jamais deixará de ter um descendente que se assente no trono de Israel, nem os sacerdotes, que são levitas, deixarão de ter descendente que esteja diante de mim para oferecer, continuamente, holocaustos, queimar ofertas de cereal e apresentar sacrifícios’ ".

O Senhor dirigiu a palavra a Jeremias:

"Assim diz o Senhor: ‘Se vocês puderem romper a minha aliança com o dia e a minha aliança com a noite, de modo que nem o dia nem a noite aconteçam no tempo que lhes está determinado, então poderá ser quebrada a minha aliança com o meu servo Davi, e neste caso ele não mais terá um descendente que reine no seu trono; e também será quebrada a minha aliança com os levitas que são sacerdotes e que me servem.

Farei os descendentes do meu servo Davi e os levitas, que me servem, tão numerosos como as estrelas do céu e incontáveis como a areia das praias do mar’ ".

O Senhor dirigiu a palavra a Jeremias:
"Você reparou que essas pessoas estão dizendo que o Senhor rejeitou os dois reinos que tinha escolhido? Por isso desprezam o meu povo e não mais o considera como nação.

Assim diz o Senhor: ‘Se a minha aliança com o dia e com a noite não mais vigorasse, se eu não tivesse estabelecido as leis fixas do céu e da terra, então eu rejeitaria os descendentes de Jacó e do meu servo Davi, e não escolheria um dos seus descendentes para que governasse os descendentes de Abraão, de Isaque e de Jacó. 

Mas eu restaurarei a sorte deles e lhes manifestarei a minha compaixão’ ".
Por Redação RadioJovem



Em 1994 o Brasil sofreu e regozijou nos dois extremos dessas emoções. 

A primeira manifestação emocional ocorreu devido a morte do eterno campeão Ayrton Senna; e a segunda com a conquista do tetra na Copa do Mundo, mundial obtido nos pênaltis.

Falemos de futebol, em razão de que, falar do Senna é muito doloroso para este que vos escreve.
Em campo se destacaram pela seleção do Brasil, o atacante Romário e o goleiro Taffarel, respectivamente, um fazendo gols, e o outro, evitando-os. Inclusive defendendo penalidade máxima em momento crucial.

Vamos fazer um exercício de realidade alternativa, o que aconteceria se o técnico, na época
Carlos Alberto Parreira, escalasse o Romário no gol e o Taffarel no ataque? No mínimo, o time levaria muito gols e faria poucos, ou nenhum. 
Contrariando assim a função primordial de ser para um time de futebol, pois a vitória só é alcançada fazendo um número maior de gols a favor, do que a quantidade de gols sofridos. Esta que é uma condição 'sine qua non' para que um clube futebolístico seja campeão.

Assim como a derrota dentro de campo, decorrida pelo mal posicionamento de alguns atletas, é o que poderá acontecer conosco quando nós não assumimos nossos papéis em sociedade, na família, no ambiente profissional, na igreja, enfim, em todo e qualquer meio que interagimos com o próximo, devemos ser nós mesmo sem comparações e sem pseudo-empatias manipulatórias.
"Feminismo é o mesmo que satanismo de sutiã!"
Irineu Siqueira Neto
O nosso mundo, assolado pelo politicamente correto, vive agora um momento de inversão de valores, e de papéis, sem igual na história humana.
O que sempre foi corretamente pétreo, agora é passível de diálogo, muitas vezes para se chegar a uma anulação total do foi outrora sempre foi.

O casamento por exemplo, essa instituição divina, a configuração macho-fêmea está, no mínimo, desatualizada, segundo os novos padrões progressistas. Os esquerdopatas passarem as ultimas duas décadas, pavoneando aos quatro cantos, que o casamento era uma instituição falida, só que agora vivem defendendo o casamento gay, coerência não é uma características da Esquerda. No entanto, isso é uma vergonha! É pecado! 

Só por haver dentre um povo o debate acerca de algo que significa literalmente o fim de sua raça já é desonroso em si mesmo! Isso não deveria nem se nomear em uma sociedade racional.
Falando em honra, alguém ainda se lembra o que é? E ter "palavra de honra" ainda vale?

Entenda quando eu digo que é o fim da humanidade, a expectativa de vida humana é de 67 anos em média para ambos os sexos, portanto, se todos os humanos se tornarem homossexuais hoje, em 2016, então teremos a extinção da nossa raça em 2083! 
2016 mais 67 anos de vida da próxima geração... fim 2083!

Ou homossexual se reproduz??

E toda essa militância gay e movimento feminista, começaram lá nos idos de 1968 com a queima do sutiã, ali se iniciou a revolução sexual, com um mote até louvável por igualdade social entre os dois sexos, mas na verdade as mulheres que encabeçavam o movimento só queriam ter relações sexuais de forma libertina e sem compromisso, com uma promessa de prazer sem responsabilidade e com quem bem entender sem dever satisfação a ninguém, é claro que a massa feminina comprou a idéia!

Quando se ataca um dos pilares da família que é a mulher, pois a Bíblia afirma: 
"Toda mulher sábia edifica a sua casa; mas a tola a derruba com as próprias mãos."Provérbios 14:1 , tem se então a partir daí o ruir do reduto de organização, cuidado, equilíbrio e amor dentro da família. 

E isso devido ás esposas donas-de-casa, que após a queima de sutiãs, perderam o referencial de moral e bons costumes ficando sem saber como administrar uma casa e nem mais ser submissa ao marido, pois o que se assiste na televisão é que a mulher deve ser emancipada, ainda que isso signifique solidão e infelicidade. 
Você já viu feminista velha, feliz e acompanhada? É igual saci, uma lenda.

A vista disso, chego no ponto que servirá a ilustração 'Romário x Taffarel' para que você compreenda meu pensamento.

Quando a mulher assume o papel do homem e o homem o papel da mulher, a família fica em risco. 
Como instituição de DEUS para o casal se desenvolver e se multiplicar, o casamento, perde o sentido, e cria-se uma geração de ex-cônjuges como nunca antes vista na caminhada humana. Tudo decorrida dessa nefasta ideologia de gênero, onde o homem não é mais homem e a mulher ninguém sabe o que é, o ser humano passa a ser um construto social imposto pela realidade que o cerca. Essa ideologia atenta contra a própria biologia!
"Eu não sou machista, o que sou absolutamente é contra o feminismo!"
Irineu Siqueira Neto
Com o casamento tradicional deteriorado e combalido pela perca da vergonha das pessoas, afinal tudo é relativo, o que é vergonhoso para mim, é um  ato 'de guerreira' para o outro.

Hoje o politicante correto transformou todo o conceito moral, que deve ser absoluto(!) em relativo, produzindo assim um cenário perfeito para uma proposta grotesca de "novas formas de família", como as de pessoas do mesmo sexo contraindo matrimonio, e a mídia satânica, passando uma imagem de felicidade e perfeição dessas novas famílias, que induz o inconsciente coletivo a aceitar tal proposta, afinal, como estava não deu certo mesmo, ou nunca dará certo...!

Aqui eu começo a tornar claro o título desse artigo, eu não sou a favor de nenhum extremo, nem machismo e nem feminismo, assim como o arroz gostoso é o temperado, ou seja, nem o sem sal, tampouco o salgado!


 

A Bíblia define bem os papeis de cada um homem e mulher, no lar e por extensão na sociedade:

"Sujeitando-vos uns aos outros no temor de Deus.
Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor;
Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo.
De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seus maridos.
Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela,
Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra,
Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível." 
 Efésios 5:21-27

Contrariando o senso comum, este texto pega pesado com os homens, e não com as mulheres, em alguns casos as esposas protestam por se submeter ao seu marido, mas é mais fácil ser submissa do que amar. E o amor que defende a passagem de Efésios, é um amor sublime, sem igual Ágape, eu diria. Em razão de que, aqui a Sagrada Escritura manda o marido amar a esposa ao ponto dele morrer por ela!!! Viu?

Amar é o mais sublime dos sentimentos, e a mulher é a mais pura forma de expressão de amor, em razão de já possuir uma atitude mental caracterizada por afeição. 
Com o homem é diferente, ele se sente amado quando é respeitado e a mulher se sente respeitada quando é amada, sob este perspectiva fica bem fácil entender Efésios 5 do 21 ao 27. 
Eu acredito que se um casal praticar Efésios 5, com certeza já é 90% de chance de sucesso no casamento! 
E mais, levando em conta a Onisciência de DEUS, Ele sabedor destes tempos confusos em que viveríamos, da inversão atroz dos papeis entre homens e mulheres, deixou de forma claramente manifesta em Sua Palavra, o modo como deve ser um casamento Cristão.

Uma das maiores contradições que eu já presenciei são irmãs evangélicas se confessarem como feministas. Isto não existe! Ou você é feminista ou Crente, se decida!

Um dos sub-produtos mais peçonhentos para a sociedade, oriundo do politicamente correto, é a incapacidade de definir o que é certo ou errado que se instalou na percepção do povo. As pessoas estão envoltas em confusão e não mais conseguem discernir valores morais absolutos. 
Uma mulher chata, agora é uma mulher de opinião; um homem chorão, passou a ser sensível(quem se lembra do metrossexual?); uma mulher fácil, é vista como emancipada; um gay, virou homem moderno; um vagabundo, é considerado desprendido de bens materiais. Não para por aí, as pessoas são condicionadas a pensarem que melhoraram o  mundo por andarem de bicicleta.

O gayzismo e o feminismo forneceram seres disfuncionais e caóticos, que não sabem mais o que o outro espera dele dentro de um matrimônio. 
E agora nós temos uma grande problema, e quando essas mulheres emancipadas se casam? 

Um fato claramente ilustrado em nossa sociedade, é que existe cada megera nessa vida que chega a dar pena da situação de certos homens por aí, uma vez que, essas mulheres vivem buscando no marido um modelo, um super-homem, idealizado por uma mídia que quer o fim do casamento e não a sua manutenção. 

Veja um exemplo dessa inversão de papeis, vinda da Turma da Mônica, aquela mesma que promove o espiritismo, confira:

Cena 'pândega' do gibi da Monica, inversão de valores desde de sempre

Ao mesmo tempo que uma feminista casada deseja ter um homem viril dentro de casa, também não aceita que este seja o macho alfa do lar, assumindo ela um pseudo controle doméstico que cairá por terra ao primeiro sinal de um vidro de azeitona que precise ser aberto. 

O homem entra em um turbilhão de elementos díspares para com a sua psiquê de macho, assim por medo de criticas de torna recluso, se contendo a todo momento. Em alguns casos extremos, se efeminando.

Muitas dessas mulheres tiveram seus conceitos formatados pela mídia illuminati, que almeja o fim do casamento, essa é uma causa principal de tanta desordem matrimonial, a ovelha se aconselhando, ou sendo instruída, pelo lobo.

Sobre este assunto de mulheres que se tornaram briguentas, a Bíblia já afirma varias vezes:

"É melhor morar numa terra deserta do que com a mulher rixosa e irritadiça."
Provérbios 21:19

"O gotejar contínuo em dia de grande chuva, e a mulher contenciosa, uma e outra são semelhantes;" 
Provérbios 27:15

"É melhor morar num canto de telhado do que ter como companheira em casa ampla uma mulher briguenta." 
Provérbios 21:9

"Melhor é morar só num canto de telhado do que com a mulher briguenta numa casa ampla."
Provérbios 25:24

"O filho insensato é uma desgraça para o pai, e um gotejar contínuo as contendas da mulher." 
Neste momento, você pode está protestando, 'mais na época que a Bíblia foi escrita não existia a mídia!'. Concordo, no entanto lembre-se, a Bíblia é atemporal, e satanás já existia.

Quando a mulher não procura prezar pelo bom ambiente em casa, manter o respeito para com o marido, e assume uma postura de buscar no companheiro somente defeitos, o casamento se transforma num enorme catálogo de defeitos do outro que sempre serão acessados e jogados na cara no momento mais (in)conveniente, e os momentos de paz e harmonia nesse lar serão cada dia mais escassos. 

E toda essa falta de paciência com os defeitos do marido foram realçados em forma de piadas que teriam alguma graça se não carregassem em si uma programação destrutiva para o casamento. Quando o amor é superficial os defeitos são profundos, afirmou o poeta.

A atual conjectura econômica mundial obrigou a mulher a sair de casa para auxiliar o marido no sustento da família, concordo, porém, quais foram os criadores dessa economia moedora de lares? 
São as mesmas empresas e donos de bancos que possuem em suas logomarcas simbologia satânica, portanto, podemos deduzir que quem estabeleceu esse comportamento monetário internacional foi ninguém menos que satanás através de seus comparsas os Illuminatis. 

Com toda essa carga de mensagens subliminares, discursos esquerdistas, promoção do pecado, e JESUS CRISTO sendo deixado de lado, até mesmo em algumas Igrejas, somente voltando ao primeiro amor, nós como Cristãos tomarmos a consciência de nosso papel funcional e fundamental que DEUS estabeleceu!

O homem precisa amar de fato a mulher como sexo frágil; à mulher cabe voltar a se comportar como o sexo frágil; e todos nós assumindo de fato nossos reais e respectivos papeis que DEUS definiu lá na gênese do mundo, assim poderemos mudar essa paisagem desoladora e sem luz no fim do túnel que esta se transformando as relações humanas, e os casamentos em competições inglórias e ausente de vencedores. 

Irineu Siqueira Neto

Por Redação RadioJovem

galery